COMISSÃO ORGANIZADORA

Profª. Drª. Eliane Santana Dias Debus

Possui graduação em Letras Licenciatura Português e Inglês pela Fundação Educacional de Criciúma (1991), mestrado em Literatura pela Universidade Federal de Santa Catarina (1996), doutorado em Linguística e Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2001) e Pós-doutorado na Universidade do Minho (PT). Atualmente é professora da Universidade Federal de Santa Catarina, atuando no Departamento de Metodologia de Ensino, no Programa de Pós-Graduação em Educação e no programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução. É líder do Grupo de Pesquisas LITERALISE: Grupo de pesquisa em literatura Infantil e juvenil e práticas de mediação literária, da Universidade Federal de Santa Catarina. Em suas publicações, atua principalmente nos seguintes temas: literatura infantil e juvenil, temática africana e afro-brasileira na literatura infantil e juvenil, formação de leitores, formação de professores e leitura literária.

Profª. Drª. Maria Laura Pozzobon Spengler

Doutora em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina. Docente do curso de Pedagogia, do Programa de Pós-Graduação em Educação lato sensu – Eixo Alfabetização no Instituto Federal Catarinense – Campus Blumenau (em caráter temporário). Pedagoga pela Fundação Universidade Regional de Blumenau, especialista em Gestão Escolar e Interdisciplinaridade, pela Faculdade de Joinville e Mestrado pelo Programa de Pós Graduação em Ciências da Linguagem da Universidade do Sul de Santa Catarina. Vice-líder do Grupo de Pesquisas LITERALISE: Grupo de pesquisa em literatura Infantil e juvenil e práticas de mediação literária, da Universidade Federal de Santa Catarina.

Profª. Drª. Caroline Machado

Doutora em Educação pelo Programa de Pós-graduação em Educação do Centro de Ciências da Educação da Universidade Federal de Santa Catarina (2011). Possui Mestrado em Educação (2006) e Graduação em Pedagogia (2002), com Habilitação em Séries Iniciais e Educação Infantil, pela mesma instituição. Professora no Núcleo de Desenvolvimento Infantil do Centro de Educação da Universidade Federal de Santa Catarina (ND/ICED//UFSC). Coordena o Projeto de Extensão Infância e Literatura: mediação de leitura literária e formação de leitores (2011-atual). Membro do Núcleo de Estudos e Pesquisas Educação e Sociedade Contemporânea (NEPESC/CED/UFSC), sob coordenação do Prof. Dr. Alexandre Fernandez Vaz (Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq – Nível 1D), desde 2002. Tem experiência docente na área de Educação Infantil, Ensino fundamental e na pós-graduação, em nível de Especialização, atuando na Escola de Gestores da Educação Básica no Curso de Especialização em Gestão Escolar (MEC/UFSC/SEED/UNDIME) e no Curso de Especialização em Docência na Educação Infantil (MEC/NDI/CED/UFSC). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Infantil (0 a 3 anos), atuando principalmente nos seguintes temas: educação e infância, infância e projeto pedagógico, literatura e mediação literária, formação de leitores, formação de professores, pedagogias contemporâneas.

Profª. Drª. Nelita Bortolotto

Possui graduação em Letras pela Universidade Federal de Santa Catarina (1977), graduação em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina (1982), especialização em Metodologia do Ensino pela Universidade Federal de Santa Catarina (1986), mestrado em Linguística pela Universidade Federal de Santa Catarina (1993) e doutorado em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (2007). Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino da língua portuguesa, linguagem, literatura e formação pedagógica.

Profª. Drª. Anelise Zimmermann

Doutora em Design da Informação no Programa de Pós-Graduação do Departamento de Design da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), com bolsa CNPq pelo Programa Ciências sem Fronteiras em Doutorado Sanduíche na University of the Arts London, Reino Unido, desenvolvendo estudos voltados à abordagens conceituais e metodológicas relacionadas à prática, aprendizagem e ensino do desenho e suas possíveis inserções em atividades projetuais em Design. É professora efetiva da Universidade do Estado de Santa Catarina/UDESC do Departamento de Design e pesquisadora. É integrante do Grupo de Pesquisa Entre Paisagens UDESC/CNPqRIDE, do Grupo Rede Internacional de Design/Educação do Programa de Pós-Graduação em Design da UFPE e integrante do Grupo de Pesquisas LITERALISE: Grupo de pesquisa em literatura Infantil e juvenil e práticas de mediação literária, da Universidade Federal de Santa Catarina. É coordenadora do Programa de Extensão Entre Livros, Tipos e Desenhos: interlocuções da cultura gráfica (UDESC/2018-2019) é membra da Rede Latino Americana de Cultura Gráfica. Concluiu Mestrado em Artes Visuais pela Universidade do Estado de Santa Catarina/UDESC (2008) com pesquisa voltada à Ilustração de livros infantis. Dentro desta mesma área participou de cursos voltados à ilustração no Central Saint Martin College of Art and Design – University of the Arts London no Reino Unido (2006) e na Scuola Internazionale dIllustrazione em Sàrmede/Italia (2011). Atualmente desenvolve projetos de ilustração para livros infantis. Entre os livros ilustrados está A Pedra do Conhecimento (2011), livro escolhido para integrar o programa Minha Biblioteca da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo; o livro No Cafundó das Estrelas (2013), livro selecionado pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil para integrar o catálogo de publicações representando o Brasil na Childrens Book Fair em Bologna/Itália de 2014, o livro O Gato que ganhou o prêmio de Os 30 melhores livros do ano de 2014 pela Revista Crescer. Possui Graduação em Desenho Industrial – Programação Visual pela Universidade Federal de Santa Maria/UFSM (2001) e Graduação em Publicidade e Propaganda pela mesma Instituição (1997). Como designer atuou na empresa Usina Escritório de Desenho (SP) desenvolvendo projetos de identidade visual, embalagem e ilustração.

COMISSÃO CIENTÍFICA

Profª. Drª. Adair de Aguiar Neitzel

Bolsista da CAPES nos anos 2013-2014 no Programa de Estágio Sênior no Exterior, Pós doutorado na Universidade Paris VI – Diderot, desenvolvendo pesquisas em colaboração com a Profa. Dra. Anne Kupiec no Laboratoire de Changement Social et Politique (LCSP) e bolsista do CNPq no ano 2000 para cursar doutorado sanduíche na Sornonne Nouvelle sob a orientação de Henri Behar. Doutora em Literatura pela Universidade Federal de Santa Catarina (2002).Professora titular da Universidade do Vale do Itajaí, orienta pesquisas no Mestrado e Doutorado em Educação. Líder do Grupo de Pesquisa Cultura, Escola e Educação Criadora. Pesquisa os seguintes temas: literatura, arte na educação, formação de leitores, formação de professores e educação estética. Foi coordenadora Institucional do PIBID UNIVALI na gestão 2010-2013 e 2014-2016-I. Coordenadora de área do PIBID de Letras em 2017.

Profª. Drª. Alice Atsuko Matsuda

Possui Graduação em Letras Anglo Portuguesas e Especialização em Letras-Literatura Brasileira pela Universidade Estadual de Londrina, Mestrado em Letras – Literatura e Ensino – pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2001) e Doutorado em Letras – Estudos Literários – pela Universidade Estadual de Londrina (2009). Em junho/2018 finalizou Estágio Pós-Doutoral na Universidade de Coimbra, com auxílio Capes, integrando o Grupo de Investigação Mediação Digital e Materialidades da Literatura. É professor titular – Adjunto 4 – da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campus Curitiba. Docente Permanente do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagens (PPGEL). É líder do Grupo de Pesquisa LITERATURA INFANTIL E JUVENIL: ANÁLISE LITERÁRIA E FORMAÇÃO DO LEITOR. Participa também como membro do GT LEITURA E LITERATURA INFANTIL E JUVENIL da ANPOLL, dos Grupos de Pesquisas Discursos sobre Trabalho, Tecnologia e Identidades e do Grupo de Pesquisa em Linguística Aplicada (GRUPLA). Tem experiência nas áreas de Letras e de Jornalismo com ênfase em Literatura Infantil e Juvenil, Metodologia e Prática de ensino de Língua Portuguesa e de Literatura, Educomunicação, atuando principalmente nos seguintes temas: Literatura infantil e juvenil, Lygia Bojunga Nunes, leitura e literatura na escola, literariedade e formação do leitor – Método Recepcional, metodologia e prática de ensino de Língua Portuguesa e de Literatura, análise literária, literatura brasileira e literatura e mídia na escola.

Profª. Drª. Anelise Zimmermann

Doutora em Design da Informação no Programa de Pós-Graduação do Departamento de Design da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), com bolsa CNPq pelo Programa Ciências sem Fronteiras em Doutorado Sanduíche na University of the Arts London, Reino Unido, desenvolvendo estudos voltados à abordagens conceituais e metodológicas relacionadas à prática, aprendizagem e ensino do desenho e suas possíveis inserções em atividades projetuais em Design. É professora efetiva da Universidade do Estado de Santa Catarina/UDESC do Departamento de Design e pesquisadora. É integrante do Grupo de Pesquisa Entre Paisagens UDESC/CNPqRIDE, do Grupo Rede Internacional de Design/Educação do Programa de Pós-Graduação em Design da UFPE e integrante do Grupo de Pesquisas LITERALISE: Grupo de pesquisa em literatura Infantil e juvenil e práticas de mediação literária, da Universidade Federal de Santa Catarina. É coordenadora do Programa de Extensão Entre Livros, Tipos e Desenhos: interlocuções da cultura gráfica (UDESC/2018-2019) é membra da Rede Latino Americana de Cultura Gráfica. Concluiu Mestrado em Artes Visuais pela Universidade do Estado de Santa Catarina/UDESC (2008) com pesquisa voltada à Ilustração de livros infantis. Dentro desta mesma área participou de cursos voltados à ilustração no Central Saint Martin College of Art and Design – University of the Arts London no Reino Unido (2006) e na Scuola Internazionale dIllustrazione em Sàrmede/Italia (2011). Atualmente desenvolve projetos de ilustração para livros infantis. Entre os livros ilustrados está A Pedra do Conhecimento (2011), livro escolhido para integrar o programa Minha Biblioteca da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo; o livro No Cafundó das Estrelas (2013), livro selecionado pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil para integrar o catálogo de publicações representando o Brasil na Childrens Book Fair em Bologna/Itália de 2014, o livro O Gato que ganhou o prêmio de Os 30 melhores livros do ano de 2014 pela Revista Crescer. Possui Graduação em Desenho Industrial – Programação Visual pela Universidade Federal de Santa Maria/UFSM (2001) e Graduação em Publicidade e Propaganda pela mesma Instituição (1997). Como designer atuou na empresa Usina Escritório de Desenho (SP) desenvolvendo projetos de identidade visual, embalagem e ilustração.

Profª. Ângela Balça

Possui licenciatura em Línguas e Literaturas Modernas-Estudos Portugueses (FCSH – Universidade Nova de Lisboa, 1990), e doutorado em Ciências da Educação (Universidade de Évora, 2005) e é professora auxiliar na Universidade de Évora. Tem experiência na área de Educação, com ênfase assuntos como: educação literária, ensino da língua materna, literatura para a infância e bibliotecas escolares.

Profª. Drª. Caroline Machado

Doutora em Educação pelo Programa de Pós-graduação em Educação do Centro de Ciências da Educação da Universidade Federal de Santa Catarina (2011). Possui Mestrado em Educação (2006) e Graduação em Pedagogia (2002), com Habilitação em Séries Iniciais e Educação Infantil, pela mesma instituição. Professora no Núcleo de Desenvolvimento Infantil do Centro de Educação da Universidade Federal de Santa Catarina (ND/ICED//UFSC). Coordena o Projeto de Extensão Infância e Literatura: mediação de leitura literária e formação de leitores (2011-atual). Membro do Núcleo de Estudos e Pesquisas Educação e Sociedade Contemporânea (NEPESC/CED/UFSC), sob coordenação do Prof. Dr. Alexandre Fernandez Vaz (Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq – Nível 1D), desde 2002. Tem experiência docente na área de Educação Infantil, Ensino fundamental e na pós-graduação, em nível de Especialização, atuando na Escola de Gestores da Educação Básica no Curso de Especialização em Gestão Escolar (MEC/UFSC/SEED/UNDIME) e no Curso de Especialização em Docência na Educação Infantil (MEC/NDI/CED/UFSC). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Infantil (0 a 3 anos), atuando principalmente nos seguintes temas: educação e infância, infância e projeto pedagógico, literatura e mediação literária, formação de leitores, formação de professores, pedagogias contemporâneas.

Profª. Drª. Chirley Domingues

Possui graduação em Letras com habilitação em Português/Francês pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC. Mestrado em Literatura Brasileira – UFSC. Doutorado em Educação – UFSC, com ênfase no Ensino e Formação de Educadores (2017), e doutorado sanduíche na Universidade de Évora (UE), em Portugal (2015 /2016), onde desenvolveu pesquisas sobre Leitura Literária e Educação Literária. Docente no Cursos de Letras e Pedagogia da UNIVALI de 2000 a 2008. Revisora da Editora UNIVALI de 2003 a 2007. Atua como professora da UNISUL, na modalidade presencial e a distância. Atualmente, é Coordenadora do Programa de Línguas da Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL. Tem experiência nas áreas de Letras e Educação, com ênfase na Formação de Professores de Língua Portuguesa e Literatura, atuando principalmente nos seguintes temas: Metodologia do Ensino da Língua Portuguesa, Literatura Infantil e Juvenil, leitura e ensino, literatura literária e formação de leitores. Membro do grupo de pesquisa LITERALISE: Grupo de Pesquisa em Literatura Infantil e Juvenil e Práticas de Medicação Literária – UFSC.

Prof. Dr. Diego de Medeiros Pereira

Doutor em Teatro (2015) pelo Programa de Pós-graduação em Teatro da Universidade do Estado de Santa Catarina (PPGT-UDESC).  É Mestre em Teatro (2011) por esse programa. Licenciado em Artes Cênicas (2008), também pela UDESC, e Bacharel em Ciências Contábeis (2008) pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Docente no Departamento de Artes Cênicas da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), a partir de 2018. Foi Professor Adjunto no Departamento de Artes Cênicas da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), entre 2016 e 2018, compondo o colegiado do curso de Licenciatura em Teatro dessa instituição. Líder do Grupo de Estudos sobre Teatro e Infâncias (GETIs/CNPq) e do Laboratório de Criação (LACRI-CNPq). Coordenador do Programa de Extensão Teatro e Infâncias. Diretor e produtor da Trupe da Alegria – grupo teatral formado por profissionais da Educação Infantil de Florianópolis (SC). Pesquisa a formação de professores e o trabalho com a linguagem do teatro na Educação Infantil, com foco na abordagem do Drama. Ator, encenador e dançarino. Possui experiências nas áreas de Ensino do Teatro, Atuação, Expressão Corporal e Dança. Presta consultorias para formação de professores. Autor do Livro Teatro na Formação de Professores da Educação Infantil (2015).

Profª. Drª. Diana Navas

Possui graduação em Letras – Licenciatura plena pela Universidade do Grande Abc (2004), mestrado em Literatura e Crítica Literária pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2007) e doutorado em Literatura Portuguesa pela Universidade de São Paulo (2012). Atualmente, é Professora do Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária da PUC-SP. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Crítica Literária, Teoria Literária, Literatura Portuguesa e Literatura Juvenil Brasileira e Portuguesa. Atua, principalmente, nos seguintes temas: romance contemporâneo, meta ficção, crítica literária, tendências da literatura juvenil contemporânea brasileira e portuguesa.

Profª. Drª. Dirce Waltrick do Amarante

Ensaísta, tradutora e escritora. Professora do Curso de Artes Cênicas da UFSC e do Curso de Pós-Graduação em Estudos da Tradução (UFSC). Tem livros publicados na área de tradução, teoria literária, teatro e literatura infantil e juvenil. Coedita o Jornal de Arte e Cultura (ISSN 2237-0617) – Qualis B4. Com Vitor Alevato do Amaral, lidera o grupo de pesquisa Estudos Joycianos no Brasil. É membro do Núcleo de Pesquisa de Estudos sobre Samuel Beckett (USP). É colunista do blog da Editora Iluminuras (São Paulo). Organiza o Bloomsday de Florianópolis, com o prof. Sérgio Medeiros (UFSC) e com a profa. Clélia Mello, desde 2002.

Prof. Dr. Diógenes Buenos Aires

Possui graduação em Letras/Português (UESPI), Especialização em Leitura e Produção de Textos (PUCMinas), Mestrado e Doutorado em Letras (PUCRS/CAPES). Realizou estágio de Pós-Doutorado (PNPD/CAPES) no Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade de Passo Fundo (UPF). Professor da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), atuando na Graduação em Letras e no Mestrado Acadêmico em Letras. Coordenou o curso de graduação em Letras/Português, o Mestrado Acadêmico em Letras e foi Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação. Professor Convidado do Programa de Pós-Graduação em Letras da UFPI. Coordenador do GT Leitura e Literatura infantil e juvenil da ANPOLL e integrante da RELER e do Grupo de Pesquisa A narrativa ficcional para crianças e jovens: teorias e práticas (UERJ). Coordenador do Grupo de Pesquisa Literatura, Leitura e ensino (CNPq/UESPI). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Teoria Literária, atuando principalmente nos seguintes temas: Estética da Recepção, Literatura infantil e juvenil, Adaptação literária, Formação do leitor, Ensino de literatura, Letramentos literário e digital.

Prof. Dr. Edgar Roberto Kirchof

Possui graduação em Letras (Português/Alemão) pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (1995), graduação em Teologia pela Escola Superior de Teologia (1998), mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (1997) e doutorado em Linguística e Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2001), tendo realizado um Pós-Doutorado em Estética e Biossemiótica na Universidade de Kassel, Alemanha (2005). É bolsista de produtividade 1 B pelo CNPq, membro do CA de Ciências Humanas e Sociais da FAPERGS e editor da Revista Textura. Atualmente é professor adjunto da Universidade Luterana do Brasil, atuando, como docente e pesquisador, no Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEDU) e como docente no Curso de Letras. Seus principais temas de pesquisa são as relações entre a Literatura, a Cultura Digital e a questão das Diferenças, com foco na Literatura infanto-juvenil. Atua nas seguintes áreas: Teoria da Literatura, Semiótica, Estudos Culturais e Educação.

Profª. Drª. Eliane Aparecida Galvão Ribeiro Ferreira

Graduada, mestrada e doutorada em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita UNESP, Campus de Assis, Estado de São Paulo, com linha de pesquisa em Literatura e Vida Social, na área de Literaturas de Língua Portuguesa. Possui experiência nas áreas de Literatura, Leitura e Ensino, com ênfase em Formação do Leitor. Temas de pesquisa mais recorrentes: leitura, literatura infantil e juvenil, e formação de leitores. Professora assistente doutora na graduação e pós-graduação da Universidade Estadual Paulista – Faculdade de Ciências e Letras FCL da UNESP, Campus de Assis-SP. Membro dos Grupos de Pesquisa: Leitura e Literatura na Escola (UNESP – Assis – SP); Literatura Infantil e Juvenil: análise literária e formação do leitor (UTFPR – Curitiba – PR); RELER – Grupo Interinstitucional de Pesquisa em Leitura (PUC – Rio). E Membro do Grupo de Trabalho Leitura e Literatura Infantil e Juvenil, junto a ANPOLL.

Prof. Dr. Fernando José Fraga Azevedo

É docente do Instituto de Educação da Universidade do Minho, onde é o responsável pela regência de unidades curriculares de pós-graduação nas áreas da Literatura Infantil e Juvenil e Formação de Leitores. É Doutor em Ciências da Literatura e membro do Centro de Investigação em Estudos da Criança (CIEC), integrando igualmente o Observatório de Literatura Infanto-Juvenil (OBLIJ) e a Rede Internacional de Universidades Leitoras (RIUL). Possui obras publicadas nos domínios da hermenêutica textual, literatura infantil e formação de leitores.

Profª. Drª. Fabiane Verardi

Possui graduação em Letras pela Universidade de Passo Fundo (1991), Mestrado em Letras (Teoria Literária) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1999), Doutorado em Letras (Teoria Literária) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2004) e Pós-Doutorado pela Universidade de Coimbra (2019). Atualmente é professora Titular II da Universidade de Passo Fundo, no curso de Letras, no Programa de Pós-Graduação em Letras e Coordenadora das Jornadas Literárias de Passo Fundo. É Vice-Coordenadora do Grupo de Trabalho Leitura e Literatura Infantil e Juvenil da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Letras e Linguística (ANPOLL) biênio 2018-2020. Desenvolve projetos na linha de pesquisa de Leitura e Formação de Leitor, focalizando seus trabalhos na questão da leitura na escola, metodologias de ensino da literatura infantil e juvenil. É líder do Grupo de Pesquisa CNPq: Sobre Ensino de Literatura.

Profª. Drª. Fernanda Coutinho

Professora Associado IV da Universidade Federal do Ceará. Possui graduação em Letras pela Universidade Federal de Pernambuco e Universidade Estadual do Ceará (1984), mestrado em Literatura Brasileira pela Universidade Federal do Ceará (1991) e doutorado em Teoria da Literatura pelo Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco (2004). Desde 1992, é professora efetiva do Departamento de Literatura da UFC. Coordena, atualmente, o grupo de pesquisa Ateliê de Literatura e Arte, que congrega estudantes de graduação e pós-graduação da UFC. No momento, é responsável pelo projeto de pesquisa intitulado Infância e Interculturalidade, o qual tem por objetivo refletir sobre a construção e a desconstrução da noção de infância num movimento histórico-sócio-ideológico que se estende da racionalidade da Ilustração aos dias atuais, examinando a caracterização do mundo infantil face às matrizes comportamentais da época contemporânea. A pesquisa procura, dessa forma, verificar a presença da criança no texto literário encenando papéis sociais, que envolvem uma gama de situações em que a questão ética aflora de forma perceptível, dando margem à avaliação da postura da criança como agente criador de sua própria subjetividade e à comparação com experiências de vivências infantis de outros momentos históricos. O trabalho é operado em uma perspectiva interdisciplinar e comparatista, razão pela qual os discursos de outras literaturas, além da nossa, são chamados a compor o diálogo textual. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Teoria Literária e Literatura Comparada, atuando principalmente nos seguintes temas: infância, história cultural, ficções do imaginário, afetos, sociologia dos costumes. Realizou estágio pós-doutoral na área de Literatura Comparada, junto à UFMG e à Université de la Sorbonne – Paris 4, sob a supervisão, respectivamente, das professoras Maria Ester Maciel de Oliveira Borges e Véronique Gély, enfocando o tema Crianças e Animais na obra de Graciliano Ramos. Atuou, de setembro/2009 a fevereiro/2010 como pesquisadora convidada do Centre de Recherche en Littérature Comparée, ligado à Universidade de Paris – Sorbonne – Paris 4. Entre dezembro de 2010 e fevereiro de 2011, esteve, como professora convidada, na Universidade de Colônia, consolidando a criação do Centro Cultural Rachel de Queiroz, e inaugurando suas atividades acadêmicas, por intermédio do Curso de Inverno Uma Rachel: quantas escritas – ficção, teatro, memória, histórias do dia a dia, que visou dar a conhecer a multiplicidade de facetas contidas na criação da escritora em foco.

Prof. Dr. Hércules Tolêdo Corrêa

É Doutor em Educação (ou Ph. D.) – área Educação e Linguagem – pela Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG (2002); Mestre em Letras: Estudos Linguísticos pela UFMG (1996); e graduado em Letras/Português pela UFMG (1989). Fez estágios científicos avançados de pós-doutoramento (Pós-Doc) na York Univeristy, em Toronto, no Canadá, no segundo semestre de 2017 e no primeiro semestre de 2018, e na Universidade do Minho, em Braga, Portugal, no primeiro semestre de 2007. Atualmente é professor associado do Centro de Educação Aberta e a Distância – CEAD, da Universidade Federal de Ouro Preto – UFOP, área de Letramento, Alfabetização e novas tecnologias para a formação do professor, e do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFOP. É líder do Grupo de Pesquisa MULTIDICS – Multiletramentos e uso das TDIC na Educação. Tem experiência nas áreas de Letras e Educação, com ênfase em Multiletramentos, Letramento Literário, Letramento Digital, Letramento Acadêmico, Leitura e Produção de Textos Acadêmicos, Língua Portuguesa, Metodologia do Ensino da Língua Portuguesa, Metodologia da Pesquisa Científica em Educação e Letras, Iniciação à Pesquisa Linguística, dentre outras disciplinas, em cursos de Letras, Pedagogia, Jornalismo e Publicidade e Propaganda (experiência de 19 anos no Centro Universitário de Belo Horizonte – UNI-BH), e Pedagogia, Ciência da Computação e Engenharia de Minas (esses últimos, atuando como professor de disciplinas de Ensino e Aprendizagem de Linguagem e Prática de Leitura e Produção de Textos Acadêmicos, na UFOP). Tem experiência de orientação de mestrado, de trabalhos de conclusão de curso de graduação e especialização, nas mesmas áreas, além de diversas participações em bancas de mestrado e doutorado, na UFOP, UFMG, UFJF, UFV, UNESP e em outras instituições públicas de ensino superior. Tem livros e capítulos de livros publicados e organizados sobre leitura, leitura literária, psicolinguística e tecnologias digitais no ensino e aprendizagem de linguagem, além de publicações em periódicos (revistas acadêmicas) e eventos nacionais e internacionais. Atuou como coordenador pedagógico do Pró-Letramento e do PNAIC-UFOP.

Profª. Drª. Gilka Girardello

Possui graduação em Comunicação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1978), mestrado interdisciplinar em Ciências Humanas pela New School for Social Research de Nova York (1990) e doutorado em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (1998). Realizou pós-doutorado no Programa de Educação Urbana da City University of New York (Pesquisadora Visitante/Fulbright/CAPES 2010/2) e no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, (2011/1). Professora titular da Universidade Federal de Santa Catarina, atua no Programa de Pós-Graduação em Educação, dentro da Linha Educação e Comunicação, pesquisando principalmente os seguintes temas: comunicação, cultura, infância, imaginação, narrativa e formação de professores para os anos iniciais do ensino fundamental.

Profª. Drª. Heloise Baurich Vidor

É atriz e professora de Teatro. Possui graduação em Interpretação Teatral pela Universidade de São Paulo (1994), Mestrado em Educação e Cultura (2001) e Mestrado em Teatro (2008) pela Universidade do Estado de Santa Catarina e Doutorado pela USP (2015). Atualmente é professora efetiva do Departamento de Artes Cênicas da Universidade do Estado de Santa Catarina, na área de Pedagogia do Teatro / Teatro e Educação e professora permanente do Mestrado Profissional em Artes (Profartes) e do Programa de Pós-Graduação em Teatro (PPGT), da mesma universidade. Tem experiência na área de Interpretação e Direção Teatral. Sua pesquisa atual, intitulada Teatro, Leitura, Literatura e Educação: encontros com o texto associa o campo da leitura ao do teatro, propondo experimentações em torno de textos literários, leitura em performance e procedimentos lúdicos teatrais, com crianças, jovens e adultos, no contexto de ensino formal e informal. É autora dos livros Drama e Teatralidade: o ensino do teatro na escola (2010) e Leitura e Teatro: aproximação e apropriação do texto literário (2016).

Profª. Drª. Isabel Mociño Gonzalez

Doutora en Filosofia pela Universidade de Santiago de Compostela e profesora no Departamento de Didácticas Especiais da Universidade de Vigo, onde leciona disciplinas da área da Didáctica da Lingua e da Literatura. É investigadora do Instituto de Ciencias da Educación (ICE-USC) e dos projetos Informes de Literatura e A Literatura Infantil e Xuvenil do Centro Ramón Piñeiro para a Investigación en Humanidades. Forma parte de grupos e redes de pesquisas, como a Rede Temática de Investigación Las Literaturas Infantiles y Juveniles del Marco Ibérico e Iberoamericano (LIJMI) e A LIX angloxermana e a súa tradución, ademais de ser membro de ANILIJ (Asociación Nacional de Investigación en Literatura Infantil y Juvenil), de ELOS (Asociación Galego-Portuguesa de Investigación en Literatura Infantil e X/Juvenil), da que é presidenta, e da Asociación Galega da Crítica (AGC). Tem participado de numerosos encontros científicos nacionais e internacionais e publicado estudos em livros coletivos, revistas e jornais sobre literatura galega e Literatura Infantil e Juvenil, entre os que cabe destacar a Historia da Literatura Infantil e Xuvenil galega (Xerais, 2015), coordenada por Blanca-Ana Roig Rechou.

Profª. Drª. Iara Tatiana Bonin

Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS (2007); Mestre em Educação pela Universidade de Brasília – UnB (1999). Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC (1989). É coordenadora e professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Luterana do Brasil. Desenvolve estudos e orienta teses e dissertações que tratam das pedagogias e políticas da diferença, com foco na temática indígena, na literatura infantil e nos estudos surdos. É autora, com outros colegas, de A diferença na literatura infantil: narrativas e leituras, editora Moderna, 2012, selecionado pelo PNBE-professor-2013. É bolsista de produtividade em pesquisa do CNPq (PQ 2), desenvolvendo atualmente o projeto Pedagogias e políticas da diferença em contextos interculturais, que conta também com financiamento do CNPq (Universal 2016). Integra o Núcleo de Estudos sobre Currículo, Cultura e Sociedade (NECCSO) e o Grupo de pesquisa Cultura e Educação, do PPGEDU ULBRA.

Profª. Drª. Ilsa do Carmo Vieira Goulart

Doutora em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas (2013). Mestre em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas (2009), na Área: Educação, Conhecimento, Linguagem e Arte. Especialista em Psicopedagogia pela UCB (2005). Graduada em Letras, pela Fundação de Ensino Superior do Vale do Sapucaí (1997). Professora Ajunto A, classe A, do Departamento e Professora Permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Lavras. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Ensino-Aprendizagem, atuando principalmente nos seguintes temas: história da literatura didática brasileira, cultura material escolar, leitura, livro, leitor, alfabetização e práticas de leitura. Coordenadora Adjunta do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Lavras. Coordenadora do Núcleo de Estudos em Linguagens, Leitura e Escrita (NELLE) e do Grupo de Pesquisa Linguagem, Leitura e Cultura Escrita, da Universidade Federal de Lavras.

Prof. Dr. José Carlos dos Santos Debus

Possui graduação em História pela Universidade Federal de Santa Catarina (1994), mestrado em Ciências da Linguagem pela Universidade do Sul de Santa Catarina (2011), doutorado em educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (2018) e pós-doutorado pela Universidade de Évora. Atualmente é professor colaborador da Unidade de Educação de Santa Catarina (UNIESC) – Florianópolis. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em autonomia nas relações de ensino e aprendizagem e teatro do oprimido. Atuando principalmente nos seguintes temas: formação de professores, didática articulada com o teatro do oprimido, com a literatura e a História e com a autonomia do estudante nas práticas de ensino. É membro pesquisador do Núcleo Infância, Educação e Arte (NICA/UFSC) e do Grupo de Pesquisa sobre Literatura Infantil e Juvenil (LITERALISE/UFSC).

Prof. Dr. José Hélder Pinheiro Alves

Graduação em Letras – Faculdades Integradas de Uberaba (1983), Mestrado em Letras (Literatura brasileira) pela Universidade de São Paulo (1992), Doutorado em Letras (Literatura brasileira) pela Universidade de São Paulo (2000) e Pós-doutorado pela Universidade Federal de Minas Gerais (2004). Professor Titular em Literatura Brasileira na Universidade Federal de Campina Grande, PB. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Brasileira, atuando principalmente nos seguintes temas: literatura e ensino, poesia, literatura infantil e literatura de cordel. É membro do GT Literatura e ensino da ANPOLL.

Profª. Drª. Lilane Maria de Moura Chagas

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Amazonas (1990), Mestrado em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (1998) e Doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo (2006). Atualmente, é professora adjunta da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Tem experiência na área de Educação, com ênfase no Ensino Fundamental e Educação Infantil, atuando principalmente nos seguintes temas: formação do leitor, literatura infantil, narrativas cotidianas e literárias, alfabetização, letramento, didática.

Profª. Drª. Maria Anoria Jesus de Oliveira

Possui doutorado em Letras pela Universidade Federal da Paraíba/UFPB (2010), com estágio sanduíche/CAPES (Moçambique/Maputo), Mestrado em Educação pela Universidade do Estado da Bahia (2003), Especialização em Literatura pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo/PUC-SP, Graduação em Letras (PUC-SP) e Pós-doutorado em Letras pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Bolsista CNPQ (2015). Prof. permanente do Programa de Pós Graduação em Crítica Cultural (Pós Crítica/UNEB) e do curso de Letras (UNEB). Tem participado de eventos acadêmicos na área de pesquisa, com experiência e publicações em Letras e Educação (artigos, capítulos de livros), cujas ênfases são: Literatura infanto-juvenil afro-brasileira e moçambicana, literatura negra (afro)brasileira, educação antirracista. Autora do livro Áfricas e diásporas na literatura infanto-juvenil no Brasil e em Moçambique (EDUNEB, 2014). Atua, principalmente, com os seguintes temas: Literatura infanto-juvenil brasileira e moçambicana, formação de educadores/as para as relações étnico-raciais, antirracismo, educação (Lei 10.639/03). Tem coordenado projetos no campo da Literatura e Cultura Afro-Brasileira e Africana, abrangendo: ensino, pesquisa e extensão: LIFE/CAPES; Vivências/PROEX e o Ensino (PIBID/FAPESB). No momento orienta dissertações de Mestrado cujas temáticas focalizam a Literatura Negra (Afro) Brasileira e a Educação Escolar Quilombola, a Lei 10.139/03 na Educação Básica. Na Iniciação Científica orienta projetos sobre a Literatura infanto-juvenil (afro)brasileira e africanas (moçambicanas e angolanas). No momento orienta dissertações de Mestrado cujas temáticas focalizam a Literatura Negra (Afro) Brasileira e a Educação Escolar Quilombola, a Lei 10.139/03 na Educação Básica. Na Iniciação Científica orienta projetos sobre a Literatura infanto-juvenil (afro)brasileira e africanas (moçambicanas e angolanas).

Profª. Drª. Maria Aparecida Rita Moreira

Possui pós-doutorado em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina(UFSC/(2017), doutorado em Literatura (UFSC/2014) e Mestrado em Inglês (UFSC/2001). Professora aposentada da rede pública estadual de Santa Catarina. Assessorou um Grupo de Estudos étnico-racial formado por professor@s e alun@s na Escola de Educação Básica Aderbal Ramos da Silva nos anos de 2006 a 2017. Coordenou o projeto de extensão na Universidade Federal de Santa Catarina – o ensino da literatura afro-brasileira no ensino médio: formação continuada para professores de Língua Portuguesa da região da Grande Florianópolis – em parceria com a professora doutora Eliane Santana Dias Debus e a mestra Zâmbia Osório. Integrante do grupo de pesquisa LITERALISE da Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Teoria Literária, atuando principalmente nos seguintes temas: literatura afro-brasileira, literatura infantil e juvenil, literatura brasileira, Educação para Relações Étnico-Raciais (ERER), e ERER no ensino de inglês.

 

Profª. Drª. Maria Auxiliadora Fontana Baseio

Professora no Mestrado Interdisciplinar em Ciências Humanas da Universidade de Santo Amaro (UNISA) e na Faculdade Rudolf Steiner (FRS- São Paulo); pós-doutoraa em Estudos Portugueses e Lusófonos no Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho, Portugal; Doutora em Letras ? Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa – pela Universidade de São Paulo (Entre a magia da voz e a artesania da letra: o sagrado em Manoel de Barros e Mia Couto – 2007);Mestre em Letras também pela Universidade de São Paulo (No vaivém da lançadeira: o retorno do sagrado na literatura infantil/juvenil de língua portuguesa – 2000). Bacharel em Letras pelo Centro Universitário Ibero-Americano (1989), com Licenciatura Plena em Português-Inglês e Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (1992). Possui 30 anos de experiência na Educação, distribuídos entre o ensino superior e o Ensino Fundamental e Médio. Coordenou curso de Letras das Faculdades Integradas Torricelli (2007 a 2010). Possui experiência na área de Letras, com ênfase na docência de Língua Portuguesa, de Literatura Comparada (Literatura Brasileira, Portuguesa e Africana) e de Literatura Infantil. Atualmente, é líder do grupo de Pesquisa: Arte, Cultura e Imaginário, vinculado à Universidade Santo Amaro, e pesquisadora do grupo Produções Literárias e Culturais para Crianças e Jovens, vinculado à Universidade de São Paulo. Sua pesquisa concentra-se nos seguintes temas: sagrado, imaginário, cultura, literatura e suas interfaces com outras artes e linguagens, educação, interdisciplinaridade. É co-autora do livro A literatura e o imaginário:diálogos transversais (2017).

Profª. Drª. Maria Laura Pozzobon Spengler

Doutora em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina. Docente do curso de Pedagogia, do Programa de Pós-Graduação em Educação lato sensu – Eixo Alfabetização no Instituto Federal Catarinense – Campus Blumenau (em caráter temporário). Pedagoga pela Fundação Universidade Regional de Blumenau, especialista em Gestão Escolar e Interdisciplinaridade, pela Faculdade de Joinville e Mestrado pelo Programa de Pós Graduação em Ciências da Linguagem da Universidade do Sul de Santa Catarina. Vice-líder do Grupo de Pesquisas LITERALISE: Grupo de pesquisa em literatura Infantil e juvenil e práticas de mediação literária, da Universidade Federal de Santa Catarina.

Profª. Drª. Maria Zilda da Cunha

Professora doutora na Universidade de São Paulo; pós-doutorado em Estudos Portugueses e Lusófonos no Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho, Portugal (2018) e Pós-doutorado em Ciências, Educação e Humanidades pela UER (2016); Doutora em Letras, Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa – pela Universidade de São Paulo (2002); Mestre em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1997). Graduada em Pedagogia pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras Nossa Sra. do Patrocínio (1977), em Letras pela Faculdade de Ciências e Letras de Bragança Paulista (1973), em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1972), com pós-graduação em Psicopedagogia pelo Instituto Sedes Sapiense (1989), especialização em Psicomotricidade pelo Instituto GAE (1991). Coordenadora da área de Literatura Infantil e Juvenil FFLCH/USP. Líder do grupo de Pesquisa: Produções Literárias e Culturais para Crianças e Jovens (CNPQ), vinculado à Universidade de São Paulo. Conselheira editorial das seguintes revistas: Revista Crioula, Revista Via Atlântica, Revista de estudos de linguística e literatura: tópicos de linguagem; Revista Literartes. Tem experiência nas áreas semiótica e ciências cognitivas, com ênfase nos estudos de processos de aquisição da linguagem pela criança; produção destacada nos estudos comparados de Literatura e outras artes e literatura e novas tecnologias. Desenvolve junto à pró-reitoria de pesquisa e extensão, como coordenadora responsável, o projeto de extensão universitária Diálogos Híbridos na formação do leitor literário: teoria, prática e experimentação. Desenvolve junto a alunos de graduação e comunidades escolares o projeto Criança e Linguagem: a leitura em intertextos de autoria e recepção. Professora do Mestrado profissional – Profletras.

Profª. Drª. Nelita Bortolotto

Possui graduação em Letras pela Universidade Federal de Santa Catarina (1977), graduação em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina (1982), especialização em Metodologia do Ensino pela Universidade Federal de Santa Catarina (1986), mestrado em Linguística pela Universidade Federal de Santa Catarina (1993) e doutorado em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (2007). Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino da língua portuguesa, linguagem, literatura e formação pedagógica.

Prof. Dr. Paulo Vinicius Baptista da Silva

Possui Bacharelado e Licenciatura em Psicologia pela Universidade Federal do Paraná (1991), Mestrado em Educação pela Universidade Federal do Paraná (1996), Doutorado em Psicologia Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2005), Pós-Doutorado em Análise Crítica do Discurso na Universidade Pompeu Fabra (Barcelona, 2014). Tem larga experiência em pesquisas em rede, com atuação como pesquisador ou como coordenador em projetos regionais nacionais (entre os quais Educação e relações ético-raciais: o Estado da Arte, 2015-2018) e internacionais (entre os quais Racismo e Discurso na América Latina, 2005-2010). É fundador e editor da Journal of African and Afro-Brazilian Studies. Atualmente é bolsista produtividade 2 do CNPQ, atua no Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE-UFPR) e Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros (NEAB-UFPR). Tem experiência na área de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: relações raciais, racismo, políticas afirmativas, construção social da infância, políticas para a infância.

Profª. Drª. Regina Silva Michelli Perim

Bolsista da CAPES nos anos 2013-2014 no Programa de Estágio Sênior no Exterior, Pós doutorado na Universidade Paris VI – Diderot, desenvolvendo pesquisas em colaboração com a Profa. Dra. Anne Kupiec no Laboratoire de Changement Social et Politique (LCSP) e bolsista do CNPq no ano 2000 para cursar doutorado sanduíche na Sornonne Nouvelle sob a orientação de Henri Behar. Doutora em Literatura pela Universidade Federal de Santa Catarina (2002). É professora titular da Universidade do Vale do Itajaí, orienta pesquisas no Mestrado e Doutorado em Educação. Líder do Grupo de Pesquisa Cultura, Escola e Educação Criadora. Pesquisa os seguintes temas: literatura, arte na educação, formação de leitores, formação de professores e educação estética. Foi coordenadora Institucional do PIBID UNIVALI na gestão 2010-2013 e 2014-2016-I. Coordenadora de área do PIBID de Letras em 2017.

Profª. Drª. Renata Junqueira de Souza

Possui graduação em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1987), mestrado em Linguística e Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1990), doutorado em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2000) e é livre-docente pela mesma Instituição (2012) no conjunto das disciplinas Conteúdos, Metodologia e Prática de Ensino de Língua Portuguesa I e II e Leitura, Literatura e Interpretação de Textos no Processo de Formação de Professores.. Atualmente é professor visitante da Universidade do Minho e professor assistente doutor da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Também é professora colaboradora no Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), desde 2015. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Ensino-Aprendizagem, atuando principalmente nos seguintes temas: leitura, formação de leitores, literatura infantil, literatura e formação de professores, estratégias de leitura.

Profª. Drª. Rosane Maria Cardoso

Graduação em Letras Habilitação em Português, Inglês e Respect Literat Universidade do Vale do Taquari/Univates (1994), mestrado em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1997), doutorado em Teoria da Literatura pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2002) e pós-doutorado pela Universidad de Granada/Espanha. Atualmente, é professora do Departamento de Letras e do Programa de Mestrado e Doutorado em Leitura: Estudos Linguísticos, Literários e Midiáticos da Universidade de Santa Cruz. Professora do Curso de Letras da Universidade do Vale do Taquari/Univates. Atua com disciplinas de Literaturas Infantil e juvenil, Leitura e Infância e literaturas de língua espanhola. Como pesquisadora, trabalha com os temas: leitura, literatura infantil e juvenil, narrativa hispano-americana contemporânea. Prêmio Itaú Cultural/Rumos da Literatura 2010-2011. Membro dos Grupos de Pesquisa do CNPq Literatura, Imaginário e Poéticas da Contemporaneidade e Práticas do Ensino em Letras. Publicação com Menção Altamente Recomendável Teórica FNLIJ 2006 e 2018.

Profª. Drª. Rosemary Lapa de Oliveira

Pós-doutorado em Contação de Histórias, Doutora em Educação e Mestre em Letras e Linguística pela Universidade Federal da Bahia. Especialista em Gramática e Texto pela Universidade Salvador. Licenciada em Letras Vernáculas com Inglês e Literaturas pela Universidade Católica do Salvador. Atualmente professora Titular DE do curso de Pedagogia da Universidade do Estado da Bahia e do Programa de Pós-Graduação em Educação e Contemporaneidade – PPGEDUC, coordenando a pesquisa CONSTITUIÇÃO DE LEITORES. Atuei no Mestrado Profissional em Letras – PROFLETRAS (2016-2018) e no Mestrado Profissional em Educação de Jovens e Adultos – MPEJA (2016-2018). Atuei no Curso de Especialização em Docência na Educação Infantil da Universidade Federal da Bahia (2010 – 2016), na condição de bolsista FNDE. Líder do Grupo de Pesquisa e Estudo em Leitura e Contação de Histórias GPELCH e vice-líder do grupo de pesquisa Formacceinfnacia, Linguagens e EJA – DEDC I- UNEB. Tenho experiência na área de Letras, com ênfase em Linguística, atuando principalmente nos seguintes temas: letramentos, enleituramento, leitura, contação de histórias, escrita, análise de discursos, formação de professores de língua portuguesa e inglesa. Escritora de livros e artigos acadêmicos e textos literários.

Profª. Drª. Rosilene de Fátima Koscianski da Silveira

Possui Graduação em Pedagogia pela Universidade do Contestado – UnC – Campus Canoinhas (1993), Mestrado em Educação pela Universidade do Extremo Sul Catarinense – UNESC – (2008) e Doutorado em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC – (2016), com Estágio Cientifico Avançado no âmbito de Doutoramento em Estudos da Criança na Universidade do Minho, Braga- Portugal e, no qual desenvolveu a pesquisa intitulada Infância e poesia: encontros possíveis no espaço-tempo da escola. É membro dos grupos de pesquisa: Literalise: Grupo de pesquisa em literatura infantil e juvenil e práticas de mediação literária (UFSC), GIPPPGE: Grupo Internacional de Pesquisa em Políticas, Práticas e Gestão da Educação (UPE), LITTERA: Correlações entre cultura, processamento e ensino: a linguagem em foco e Grupo de Pesquisa em Arte: GPA (UNESC). Atua principalmente nos seguintes temas: alfabetização, letramento, linguagem literária, poesia e pesquisa com crianças. Professora aposentada na Rede Pública Estadual de Santa Catarina e atuante na disciplina de Didática (nas Licenciaturas) na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Profª. Drª. Sara Reis da Silva

Professora auxiliar na Universidade do Minho (Instituto de Educação). É doutorada em Literatura para a infância pela Universidade do Minho. Desenvolve a sua docência e a sua investigação na área dos estudos literários e, em particular, da literatura de potencial recepção infanto-juvenil. Integra a equipa responsável pelo projecto Gulbenkian.

Profª. Drª. Silvana Augusta Barbosa Carrijo

Possui Graduação em Letras pela Universidade Federal de Goiás, Campus Catalão (1995), Mestrado em Letras e Lingüística (2003), Doutorado em Letras e Linguística pela Faculdade de Letras da Universidade Federal de Goiás (2009), sob orientação da Profa. Dra. Maria Zaira Turchi e Pós-Doutorado na UNESP/ Faculdade de Ciências e Letras de Assis (2014), sob supervisão do Prof. João Luís Ceccantini. Como parte das atividades de doutoramento, realizou Estágio de Doutorado na École des Hautes Études en Sciences Sociales, Paris-Fr, sob supervisão do Prof. Jacques Leenhardt. Como parte das atividades de pós-doutoramento, realizou Estágio de Pós-Doutorado na Universidade de Santiago de Compostela-ES, sob supervisão da Profa. Dra. Blanca-Ana Roig Rechou. É Professora Associada da Universidade Federal de Goiás – Unidade Acadêmica Especial de Letras e Linguística – Regional Catalão, atuando nos cursos de Graduação em Letras e no Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem (Mestrado e Doutorado). Coordenou, de março de 2018 a abril de 2019, a Editora Letras do Cerrado (Regional Catalão-UFG). Integra, na Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Letras e Linguística (ANPOLL), o GT Leitura e Literatura Infantil e Juvenil. É membro pesquisadora dos Grupos de Pesquisas cadastrados no CNPq, Leitura e Literatura na Escola (UNESP/Assis) e A narrativa ficcional para crianças e jovens: teorias e práticas (UERJ). É membro colaboradora externa do Grupo Liter 21 – Literatura Gallega. Literatura Infantil Y Juvenil. Investigaciones literarias, artísticas, interculturales y educativas (Universidade de Santiago de Compostela-ES). É autora de livros, capítulos de livros e artigos em periódicos nacionais e internacionais especializados. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Estudos Literários, atuando principalmente nos seguintes temas: literatura infantil; literatura juvenil; imaginário, ficção, memória, literatura de autoria feminina, gênero (gender).

back to top